quarta-feira, 27 de abril de 2011



Saltar o Mundo para Ti

É o teu coração que me prende
Desta distância que nos separa
Da alegria de te gostar
Vêm o sofrimento de não te ver
De não te ter
De apenas te imaginar
O teu cheiro que não tenho
Mas que não me sai das narinas
Que se abrem para te respirar
Das minhas mão que não te tocam
Mas te acariciam todos os dias e te sentem estremecer
Do meu sexo que nunca que Te sentiu
Mas que se ergue chamando por Ti
Do prazer que te queria dar
Dos beijos que não trocamos
Que me sabem nos lábios
Do gosto da Tua flor
Que descubro que sempre tive
E nunca antes o senti
Que se intensifica
Sem nunca te ter tocado
Das noites de amor
Que não nos deixam dormir
E que nos cansam
E alimentam o sonhos
Do sono que não dormimos
Da inquetude do querer
Da ebulição do imaginar
Sem saber que fazer
Saltar, pular o Mundo
Para te ter
Nos meus braços
Cumprir a promessa do
Tu mereces
Que sempre ouvi na minha vida
Projecto predilecto
Onde serei completo
Fundido em algo maior
Peito cheio a olhar em redor
Porque finalmente
Me tocou o AMOR...

(Hermínio Martins)

Nenhum comentário:

Postar um comentário